Vibrador: seu novo BFF

Os vibradores podem ser o melhor amigo de uma mulher no descobrimento do próprio corpo e sexualidade, além de serem excelentes brinquedinhos para dar uma apimentada na vida a dois. Existem vários modelos que proporcionam diferentes tipos de prazer: são vários tamanhos, cores e até mesmo texturas. Por isso, na hora de comprar um (ainda mais se for a sua primeira vez), podem surgir algumas dúvidas. Por isso, trouxemos um manual de como comprar e usar. Ah, e a gente garante: o prazer vai ser todo seu 😉
vibradores

Pessoalmente, eu sou uma grande defensora de vibradores e acho que toda mulher deveria ter um. O vibrador pode ser um grande aliado na hora da masturbação, que tem vários benefícios: alivia o estresse, melhora a autoestima, previne contra o surgimento da incontinência urinária.. É prazer garantido, sem enrolação e que te dá a liberdade de não depender de outra pessoa para gozar. O vibrador não tá nem aí para a roupa que você está usando ou se você está depilada (ps: se o boy ou a girl magia reclamam da sua roupa ou dos seus pelos, talvez seja a hora de reavaliar o relacionamento), e só precisa de pilhas ou de uma recarregada rápida para funcionar. Como não amar algo assim? ❤
Muita gente ainda confunde vibradores com dildos, mas a principal diferença entre os dois é bem simples: o dildo (ou consolo) não tem nenhum tipo de motor que gere vibração, enquanto o vibrador, como o próprio nome já diz, tem um motor que produz vibrações em diferentes níveis e intensidades. Por isso, o dildo só serve para a penetração; o vibrador serve também para a estimulação do clitóris e do ponto G. Inclusive, como vocês vão ver já já, tem alguns modelos específicos para esses fins. Além disso, os vibradores não são necessariamente parecido com pênis, e isso é ótimo para quem precisa de discrição.
Vamos aos tipos mais comuns de vibradores \o/

Clássico

Podem ser usados de várias formas, tanto para a estimulação externa do clitóris, quanto para a estimulação interna da vagina ou do ânus. Esse tipo também é indicado nos exercícios de pompoarismo para fortificar a musculatura da vagina. Alguns tem texturas diferentes, mas você pode dar esse plus comprando capas penianas. Dentro desse modelo, tem alguns que se assemelham a um pênis, tanto em tamanho quanto em textura (tem uns que tem até veias!), mas não é regra.

um cópia

1) Vibrador Personal 18cm; 2) Meu Vibro 18cm; 3) Vibrador Personal Branco 13cm

Estimuladores de clitóris

A maioria das mulheres só consegue chegar ao orgasmo com a estimulação do clitóris, por isso esses modelos são tão populares. Seu tamanho discreto é ideal para quem não mora sozinha, bem como seu design que não “entrega” o que ele realmente é. Esse modelo serve para estimulação externa da vulva e sua aplicação mais comum é pressioná-lo por toda essa região, tocando a área ao redor dos grandes lábios e posicioná-lo exatamente sobre o clitóris. Você vai descobrir mundos novos e maravilhosos, acredite em mim.

2

Ponto G

Desenvolvido para estimular o ponto G, que fica abaixo da ureta. Esse modelo tem uma inclinação para auxiliar o contato com a região interna. É recomendável que a mulher esteja bem relaxada e lubrificada, porque assim o ponto G fica mais sensível e fácil de ser encontrado.

pontoG

1) Vibrador Ele e Ela Playgirl em Silicone – Ponto G e Próstata; 2) Vibrador Ponto G Toque Aveludado; 3) Vibrador Ponto G Cromado

Uso anal

Esses aparelhos são para massagear a região anal e funcionam de firma similar aos clássicos, mas seu formato é um pouco menor e é designado especialmente para dar prazer à esta parte do corpo.

vibradores3

1) Plug Anal com Vibro e controle remoto; 2) Plug Anal com Vibrador em Soft Touch 10 velocidades; 3) Plug Anal Lilás com 7 tipos de vibração

Como usar um vibrador?

Assim como o choro, o uso é livre. Porém, vocês devem ficar atentas a algumas coisinhas importantes para prolongar o tempo útil do seu vibrador. Um dos pontos mais importantes e que poucas pessoas sabem é que não é recomendável usar o vibrador na água. Alguns modelos se dizem à prova d’água, mas corre o risco de você fechar errado o compartimento de bateria e assim estragar o brinquedinho.

Vocês também devem ficar muito, muito, muito (!!) atentas a higienização: limpem antes e depois de usar. As lojas costumam vender higienizadores, mas a fórmula consiste, basicamente, de álcool e silicone – por isso, os clientes preferem usar álcool gel mesmo. Antes de vocês começarem a brincadeira, peguem um paninho e passem o álcool no vibrador e só usem quando secar. Limpem depois de usar também! Você pode usar gel lubrificante e camisinha com o vibrador, mas esse último item não é necessário, tanto porque o ideal é que o brinquedo seja de uso pessoal.

Agora que vocês conhecem alguns dos modelos disponíveis no mercado, se jogue! Explore seu corpo, se permita ter prazer sem depender de ninguém.

2 comments

  1. Juliana Araújo says:

    Me interesso pelos estimuladores de clitóris. Sempre chego ao prazer assim. Não sei por que mas nunca me senti à vontade em me masturbar com a penetração e nunca gostei de vibradores que são total imitação de pênis. Quando eu era cristã (ou alienada) pensava que usar vibradores era coisa pra gente problemática e que nunca um vibrador seria melhor que um homem pra oferecer prazer. Rsrsrs

    • Thayanne Porto
      Thayanne Porto says:

      É muuito mais fácil a mulher ter um orgasmo com estimulação do clitóris do que com penetração. Dá uma olhadinha nos produtos que a gente separou e, se comprar, conta para gente o que achou 😉

Deixe uma resposta