Testamos! Vibrador Revel Body OM

Uma caixa de som? Uma webcam? Um aparelho eletrônico? Essas foram as perguntas dos amigos quando enviei fotos do novo “brinquedo”. Sem formato fálico, sem ter que introduzir, sem nenhuma cara de vibrador – esse é o Revel Body OM.

que nem mocinha - testamos - revel body on

Tudo começou com uma promoção de 70% da Loja do Prazer, que divulgamos no nosso Stories do Instagram. Em meio a promoções de lingeries, géis com diferentes sensações térmicas, lá estava ele. Quando o vi pela primeira vez, me pareceu algo sem muito sentido. Como um vibrador daquele formato prometia orgasmos intensos? Resolvi ler os reviews e pesquisar mais. As mulheres falaram maravilhas do produto, que era muito funcional, à prova d’água e um dos melhores do mercado. Diversas matérias ressaltavam as maravilhas do produto assim que ele chegou ao mercado, em julho de 2016.

Sobre o Revel Body OM

A descrição é simples: um vibrador com frequência sonora que tranquiliza a mente e relaxa o corpo. Produz a sensação de sucção e é à prova d’água. Interessante, não é mesmo? Bom, comprado! O produto chegou em dois dias úteis na minha casa e fui fazer o teste drive. Afinal de contas, vocês merecem uma resenha sobre. Não posso deixar as mocinhas na curiosidade! 😉

que nem mocinha - testamos - revel body on - gif 1

Vamos aos pontos positivos! O Revel Body OM vem numa embalagem linda, com instruções em três línguas e super explicativo. Ele vem com um carregador de tomada – ou seja, você não precisa comprar pilhas nem se preocupar com a bateria. O vibrador é super tecnológico e parece um acessório de informática, o que ganha pontos no quesito “discrição”. Excelente se você tem vergonha de comprar um vibrador com formato fálico ou tem medo de alguém descobrir o seu brinquedinho! 😉

Como usar o Revel Body OM?

Antes de você usar, tem que carregá-lo, que nem um celular. Saber se tá funcionando é bem simples: ele acende as luzes para mostrar que está mesmo carregando. Depois, chegou a hora de testá-lo. O material dele é muito bom, um silicone macio e de qualidade. Para usar é bem simples: um botão liga e desliga, e você regula a intensidade nos botões “+” e “-“. São oito vibrações, bem diferentes uma das outras. Como o próprio nome já diz, o vibrador emite sons parecidos com aqueles que fazemos na yoga. O motivo é bem simples: além de te ajudar a alcançar o orgasmo pelo estímulo do clitóris, o Revel Body OM acalma o seu corpo através das vibrações e da frequência que ele emite em cada uma delas.

O produto é côncavo. Do lado curvado, o brinquedinho produz uma espécie de sucção quando aproximado do clitóris. Ela é bem fraquinha, bem no estilo preliminares. Não testei, mas li no review que ele na banheira produz uma sucção melhor. O círculo rosa é a parte onde você sente mais as vibrações. Ele todo vibra, e por ser redondo e de silicone, pode usar ele da maneira que quiser e passar pelo corpo, sem problemas. Claro que a atenção na hora de limpar e armazenar deve ser dobrada, hein, mocinhas. Nada de guardar de qualquer jeito!

Observações importantes

O Revel Body OM é um produto bem bacana para o mercado erótico. Se você está acostumada com os modelos mais clássicos de vibradores, pode achá-lo mais pesado que o normal. Nada que com o tempo não se acostume. Outro ponto é o barulho. Como ele mesmo promete, ele emite sons, baixos e delicados, mas é uma forma de barulho. Então escolha um momento em que você esteja sozinha ou com o seu parceiro/parceira e curta realmente ele por completo; sentindo as vibrações e ouvindo os mantras.

Outro ponto importante é: se você procura algo mais interno, ele não serve para você. O Revel Body é feito para provocar sensações, arrepios e orgasmos clitorianos. Nada de querer colocar ele lá dentro! Sobre preço, minha única ressalva é que achei um pouco caro para o que é. Na promoção que eu comprei, ele custou R$ 59,90 sem frete. Com esse valor, eu acredito que valeu cada centavo, já que é um vibrador à prova d’água e tal. Mas o valor original dele gira em torno de R$ 280, o que é um pouco acima do que ele faz. Se for para gastar mais de R$ 200 em um vibrador, sugiro investir em um modelo mais versátil, tipo a varinha mágica ou o Rabbit. 😉

Deixe uma resposta