• Pílula do dia seguinte: chega de dúvidas!

    Muitas mulheres, depois que transam sem camisinha ou a mesma estoura, correm para a farmácia mais próxima para comprar a pílula do dia seguinte. Mas a maioria não sabe exatamente como ela funciona ou o que ela faz com seu corpo para prevenir a gravidez. Por isso, perguntamos na nossa página do Facebook quais as dúvidas que vocês, nossas lindas leitoras, têm acerca da pílula e as enviamos para uma ginecologista. Se quiser saber mais, só continuar a leitura!

  • Minha experiência com o coletor menstrual

    Oi meninas. Essa semana, muito diferente das demais, além de responder a pergunta de uma mocinha aflita, eu decidi colocar aqui para vocês uma experiência minha. Tudo começou quando nossa leitora assídua Rosangela de Paula perguntou o que era o coletor menstrual, como usar e seus principais benefícios. Na hora que li pensei “putz, como vou falar de algo que não tenho conhecimento? Nem por leitura e nem por vivência”. Mas aí olhei para minha agenda e vi que minha menstruação estava chegando. Resolvi que seria o momento ideal para testar. Vamos lá?

  • Um mês sem a pílula anticoncepcional

    Há um mês, eu decidi parar de tomar a pílula anticoncepcional – o que me rendeu muitos olhares arregalados e frases como “você não tem medo de engravidar?”. Engraçado que, em um mundo com tantos métodos contraceptivos, apenas dois podem ser utilizados ou foram feitos para o homem (a camisinha e a vasectomia) e ninguém os julga caso eles não queiram usar nem um, nem outro. Porém, quando a mulher decide parar de se prevenir (pelo motivo que seja), ela passa ser a única responsável pela gravidez. Além do mais, as pessoas acham que o anticoncepcional só serve para fins contraceptivos. Bem, uma coisa é certa: um mês depois de jogar a cartela…