• que nem mocinha - mitos sexuais - capa

    Mitos sexuais que vocês precisam parar de acreditar!

    O sexo é cercado de mitos – sejam eles frutos da nossa ignorância de modo geral, causada pela nossa timidez em relação ao tema, ou pela pornografia, responsável por grande parte das baboseiras que nós acreditamos. Essa falta de informação, associada aos muitos tabus que cercam ao tema e ao desconhecimento que nós em relação ao próprio corpo e sexualidade, faz com que a gente fique mais exposto aos riscos de uma gravidez indesejada e as DSTs. Então, para evitar maiores desentendidos, separamos alguns mitos sexuais bem comuns e o que a ciência diz sobre eles. 

  • Cyclofemina, o anticoncepcional injetável

    Olá, mocinhas! No mês passado, uma das nossas incríveis leitoras sugeriu que falássemos sobre a injeção Cyclofemina. Eu nunca tinha ouvido falar sobre, mas como não consigo resistir aos pedidos que vocês nos mandam, fui pesquisar mais sobre. De acordo com o site, é um “contraceptivo na forma de suspensão aquosa injetável que equilibra as ações de dois importantes hormônios no sistema reprodutor feminino e em baixas concentrações”. Para entender mais como funciona, mandei uma série de perguntas para eles, que foram respondidas pelo doutor Héctor Guerra López, Gerente Médico de Laboratórios Carnot. O resultado você confere agora!

  • Posso ficar grávida se…

    Oi, mocinhas. Hoje não é Halloween, mas vamos falar de um assunto que aterroriza muitas mulheres: ficar grávida sem querer. E sim, é possível engravidar quando esse não é o seu objetivo: nenhum método contraceptivo é 100% eficaz. A única forma de evitar uma gravidez indesejada é não transar. Toda vez que uma mulher é penetrada, rola o risco dela ficar grávida — os riscos variam de acordo com as precauções tomadas  durante ou depois do ato. Mesmo assim, tem vários mitos de como você pode (ou não) ficar grávida. Separei cinco dos mais comuns para vocês ficarem de olho. 

  • Pílula do dia seguinte: chega de dúvidas!

    Muitas mulheres, depois que transam sem camisinha ou a mesma estoura, correm para a farmácia mais próxima para comprar a pílula do dia seguinte. Mas a maioria não sabe exatamente como ela funciona ou o que ela faz com seu corpo para prevenir a gravidez. Por isso, perguntamos na nossa página do Facebook quais as dúvidas que vocês, nossas lindas leitoras, têm acerca da pílula e as enviamos para uma ginecologista. Se quiser saber mais, só continuar a leitura!

  • Contracepção: Métodos de barreira

    Hoje em dia, existe uma série de métodos conceptivos que ajudam a mulher a evitar a gravidez. Os mais conhecidos são a camisinha (que também evita a transmissão de DSTs) e a pílula anticoncepcional. Muitas mulheres tomam a pílula porque são “empurradas” pelos ginecologistas e os hormônios contidos nesse tipo de remédio afetam todo o seu corpo, podendo causar sérias complicações. Então, separamos diferentes tipos de métodos para vocês terem noção do mundo de possibilidades. Como são muitos e queremos explicar direito o que cada um é, vamos fazer uma série de posts sobre o assunto.