• que nem mocinha - sites bdsm - capa

    Quatro sites sobre o incrível mundo do BDSM

    Se tem um assunto que a gente adora escrever (e vocês adoram ler) é sobre BDSM. A gente já deu algumas dicas para quem quiser entrar nesse mundo e agora trouxemos alguns sites para quem quiser se aprofundar mais nessa temática. Entre os exemplos, tem sites de relacionamento para quem curte a prática, sex shop especializada na temática e muito mais. Nem todos são em português porque ainda faltam portais brasileiros voltados para o tema e que são atualizados com frequência. Se vocês souberem de algum, deixem suas sugestões nos comentários! E aí, bora descobrir mais sobe o BDSM? 

  • que nem mocinha - dicas bdsm - spanking

    Um bate-papo sobre Dominação/Submissão

    Cinquenta Tons de Cinza foi um verdadeiro fenômeno. Mais de 100 milhões de livros vendidos e milhares de pessoas viram os filmes. O sucesso ultrapassou o mundo da ficção: a busca por conteúdos de sexo explícito por parte das mulheres aumentou consideravelmente após a estreia da trilogia. Depois do lançamento do primeiro filme, houve um aumento de 40% na procura feminina por termos como submission, spank e bondage. Por um lado, isso é bom. Fez com que muitas mulheres se abrissem e explorassem novas formas de sexo. No entanto, os ditos cinquenta tons não fazem nem cosquinha no que o BDSM realmente é. Pelo contrário: diferente do que muita gente pensa, a trama não é…

  • que-nem-mocinha-abuso-e-bdsm-capa.jpg

    Sobre BDSM e abuso

    Muitas pessoas de fora do BDSM acreditam que esse submundo é abusivo. Afinal de contas, as práticas envolvem dor, dominação e submissão – mas o abuso passa longe das masmorras. Essa confusão gera ainda mais preconceito em relação aos praticantes e afasta possíveis curiosos. Por isso esse post é para desmistificar esse assunto, deixar bem claro o que é BDSM e o que é abuso, seja ele físico ou psicológico.

  • que nem mocinha - dicas bdsm - capa

    Dicas para entrar no mundo BDSM

    Fala, mocinhas! Não é de hoje que eu gosto de escrever sobre BDSM e desmistificar esse mundo que une dor e prazer. Sim, ainda existe muito preconceito e bobagens ditas sobre essa prática – ainda mais com a explosão de livros que dizem ser sobre BDSM, mas que na verdade romantizam relações abusivas. Para equilibrar essa balança, o post de hoje vem com dicas para casais que querem entrar nesse universo. Não, não é só pegar umas amarras e voilá! Quem está inserido no meio pode passar uma vida inteira estudando sobre as técnicas. Afinal, tem que ter muito conhecimento e cuidado para não passar da linha e acabar machucando de…

  • que nem mocinha - role play - capa

    Motivos para vocês se aventurarem no roleplay

    Você entra sozinha em um bar e se senta no balcão. Tá de boas no celular quando repara que tem uma pessoa linda te olhando. Vocês trocam uns sorrisos e a noite ganhou um significado a mais. Parece ótimo, não? E se a “pessoa linda” for seu namorado ou namorada, mas, naquele momento, vocês fingem que são estranhos? Isso, caras mocinhas, nada mais é que um roleplay. Quem é do mundo do RPG já está acostumado com essa palavrinha. Resumindo para quem não é dos games, é uma forma de jogo em que os jogadores fingem ser outras pessoas, em épocas ou situações diferentes. No mundo sexual, é por aí também:…

  • Amos e Masmorras – A Submissão

    Eu comecei a ler a série Amos e Masmorras no fim do ano passado e a história me prendeu logo no início. Até falei um pouquinho sobre a trama quando indiquei a série no post 4 livros para esquentar (ainda mais) seu verão — mas é tão incrível que eu achei melhor fazer um post só para ela! São oito livros, dois para cada casal, e agora vou falar do primeiro livro, que é protagonizado por Lion & Cleo, meus dois bebês. Antes de começar, tenho dois coisas para dizer: primeiro, #TeamLion para a vida! Segundo que o texto contém trechos do livro com grande conteúdo sexual. Se não se sente confortável lendo, melhor…

  • 4 livros para esquentar (ainda mais) seu verão

    Hoje começa o verão, estação que lembra praia, férias e, é claro, calor. E como eu adoro quando as coisas esquentam, separei uma lista com quatro livros que vão deixar o seu verão ainda mais quente! A ordem não tem nada a ver com questão de preferência, foi só conforme eu fui lembrando — e recebendo dicas das minhas queridas amigas que, como eu, são fanáticas por livros. Confira a lista:

  • 10 presentes para dar de Natal

    Olá, minhas incríveis leitoras. Chegou dezembro e, com ele, símbolos do Natal: pisca-piscas, árvores decoradas e a álbum da Simone tocando em praticamente todos os lugares. Se você é como eu e já começa a suar frio quando pensa o que dar de presente para o/a namô, pode respirar mais tranquila. Eu saí fuxicando nas sex shops que tanto adoro e separei dez produtos que são ótimos presentes! E antes que vocês venham com aquele papinho “poxa, tô sozinha”: tem muito item aí que pode ser usado pelas mocinhas em momentos particulares, viu? Ah, o post vai ter as fotos dos produtos, então cuidado antes de abrirem!

  • Submissa: na ponta do chicote

    Hoje abrimos espaço para a Sofia Medioli, que vai aparecer bastante aqui no Que Nem Mocinha. Ela estreia no blog falando sobre escravidão sexual, depois que uma mocinha nos enviou a seguinte pergunta: Preciso de um help. To querendo esquentar a minha relação e de uns tempos pra ca anda bem parada. Tô pensando em bancar a Escrava sexual. Vcs tem algumas dicas….??? Agora, a Sofia quer saber: você está preparada para abrir mão do controle da sua vida por alguém, e ainda sentir muito prazer com isto?

  • Quatro fetiches para você conhecer

    “Fetiche” é a atração por objetos inanimados, que estão, direta ou indiretamente, em contato com o corpo humano ou para determinadas partes do corpo. De acordo com a psicanálise, todo mundo é fetichista em algum grau, uma vez que todo mundo se sente atraído por determinados atributos, características físicas ou estilo de vestir. O que não é normal, no entanto, é a pessoa não conseguir obter o prazer sexual sem seu fetiche. A partir daí, é recomendado a ajuda de psicológicos. Em um mundo com tantos fetiches (alguns considerados de boas, outros que atraem olhares assustados), quais são os mais comuns? Separamos quatro deles para vocês conhecerem e, quem sabem, descobrirem…