Masturbação feminina: Até quando vai ser tabu?

Nossa, assim na lata? Sim, já no título! Porque essa semana essa mocinha que vos escreve está direta. O texto de hoje vem de encontro com uma notícia linda que vi hoje no meu feed. A cantora recifense Flaira Ferro lançou um clipe sobre… Liberdade e masturbação. Sobre o poder e a força da mulher que se conhece, se toca e se ama. E aí o Youtube censurou o vídeo, que agora está disponível apenas no vimeo. Vamos falar mais sobre isso?

Segue um pedaço da música e o clipe para reflexão. “Não tem coisa mais bonita / Nem coisa mais poderosa / Do que uma mulher que brilha / Do que uma mulher que goza”. Podemos concordar 110% com ela? O clipe traz cenas de mulheres normais se tocando, sentindo aquele prazer que nós amamos e… Gozando! Para muitos o clipe foi ofensivo, desnecessário e são muitos os comentários dizendo que o vídeo é “um absurdo.

que nem mocinha - masturbação feminina - clipe

E ai eu pergunto a vocês: quantos vezes vocês já ouviram homens falando que iam “ficar no 5 a 1”, “bater uma”, “tomar um banho demorado”… São vários nomes para a masturbação masculina – todos aceitáveis. Dá até canseira!

quenemmocinha-masturbação

Mas porque tudo que é feminino ofende? Por que quando o seu prazer é para satisfazer o casal é aceitável, mas sozinha é pecaminoso? Chega de colocar culpa nessa sua mente! CHEGA! PAROU! Vivemos em uma sociedade machista em que qualquer assunto ligado a sexo tem que ser masculinizado. Masturbação feminina é real, é bonito e é natural.

Você mocinha, que está lendo esse texto, lembra quando foi a última vez que você se tocou? Sentiu seu clitóris e seu corpo em sintonia? Se você nem se lembra, senta que lá vem textão. Use o fim de semana para se tocar, se conhecer. Veja o que o seu corpo é capaz de fazer e como você pode se dar prazer. O clitóris não é enfeite: é para ser usado!

Masturbação feminina é tabu porque nos disseram que é. Agora queremos apagar esse pensamento e substituir por outro: masturbação feminina é bom. É autoconhecimento. Pode ser com sua mão, chuveirinho ou vibrador. Pode ser no quarto, no banho… Onde você se sentir a vontade e tranquila. Vamos entender de uma vez por todas que se dar prazer não é errado.

que nem mocinha - masturbação feminina - gif

“Estou me masturbando. Te disse que eu passaria o dia fazendo isso”

Segundo matéria da BBC: “Na internet, os resultados de pesquisas sobre masturbação feminina são, em sua maioria, pornográficos. Enquanto isso, os relacionadas à prática masculina tendem a ser mais informativos.”. Mulher precisa de informação, de ideias concretas e fatos, sem tabu e preconceito. Se você nunca teve aquela conversa com sua mãe ou gineco, se liga no resumo. Se tocar e se conhecer é o ponto inicial de uma vida sexual sadia e gostosa. Não leve para o lado pornográfico e nem se sinta uma vadia por gostar de se masturbar.

É bom demais ter orgasmo, se dar prazer. Se você está em um relacionamento, porque não começar a se tocar nos momentos íntimos e depois passar para a versão sola? quenemmocinha- toque

O texto surgiu desse clipe, que eu achei tão natural e bonito. Fiquei pensando que muitas amigas minhas devem achar demais, exagerado e desnecessário. Então eu me pergunto: até quando nós, mulheres, queremos ser liberais e não falamos sobre isso? Até quando nós lutamos por sermos donas dos nossos corpos, mas nunca nos masturbamos e muito menos falamos sobre isso com parceiros (as)?

A quantidade de amigas que olham pros lados quando falamos de sexo em público é bem grande. Mas homem falando de mulher gostosa e do sexo do final de semana é aceitável. Homem falar e brincar com o tamanho do pênis do amigo é normal. Você falar com sua amiga sobre orgasmo é loucura! Tá louca? Então não seja essa pessoa. Se conheça, entenda seu corpo, fale para o seu parceiro(a) o que você gosta e pratique. A pratica leva a perfeição! 😉

quenemmocinha-orgasmo

Deixe uma resposta