que nem mocinha - sites bdsm - capa
Sexo

Quatro sites sobre o incrível mundo do BDSM

Se tem um assunto que a gente adora escrever (e vocês adoram ler) é sobre BDSM. A gente já deu algumas dicas para quem quiser entrar nesse mundo e agora trouxemos alguns sites para quem quiser se aprofundar mais nessa temática. Entre os exemplos, tem sites de relacionamento para quem curte a prática, sex shop especializada na temática e muito mais. Nem todos são em português porque ainda faltam portais brasileiros voltados para o tema e que são atualizados com frequência. Se vocês souberem de algum, deixem suas sugestões nos comentários!

E aí, bora descobrir mais sobe o BDSM? 

Diário de um Dominador

No seu blog, o dominador Gladius compartilha suas ideias e experiências sobre relacionamentos, fetiches, sexualidade e estilo de vida. Vocês vão encontrar material em forma de texto e de podcast, além das visões do dom em relação à vários aspectos do mundo do BDSM. Um dos textos mais lidos (e um dos meus preferidos) é o “50 Tons de Cinza e o BDSM – Parte 1 ‘Eu não tenho um Charlie Tango‘”. Inclusive o próprio Gladius já bateu um papo com a gente sobre dominação e submissão e vocês podem conferir aqui.

O que eu acho mais legal em relação ao Diário de um Dominador é como ele bate (ba dum!) em teclas que eu acho importantíssimas quando se trata de BDSM. A primeira é que toda as atividades dentro desse universo devem ser observadas e praticadas dentro dos limites S.S.C. Ou seja: São, seguro e consensual. Ouso ir além e dizer que a regrinha S.S.C vale para toda e qualquer relação sexual, independente se é baunilha ou não.

que nem mocinha - sites bdsm

Alt.com

O Alt.com foi lançado em 1997 como o primeiro site para praticantes de BDSM se encontrarem. Até hoje ele é um dos queridinhos do meio, sendo apontado por muitos a plataforma preferida dos entusiastas da prática. São mais de cinco milhões de membros por todo o mundo, um punhado de fotos novas todas as semanas e o local ideal para você encontrar pessoas que compartilham seus fetiches.

O cadastro e a navegação são gratuitos, mas você pode pagar para ter serviços adicionais como acesso a vídeos exclusivos e upgrade no seu perfil. Mas se você quiser só dar uma olhadinha e ficar extremamente satisfeita com o resultado, pode se jogar na assinatura gratuita. Acredite: vai encontrar muita coisa interessante.

WZ Fetiche

Quando você dá uma olhada no catálogo de uma sexshop, seja ela online ou física, você encontra alguns produtos voltados para a prática BDSM. Porém a WZ Fetiche é uma loja voltada especialmente para esse segmento, sendo um “ateliê de produtos BDSM/Fetiche”.

que nem mocinha - bdsm - wz fetiche

Lá você encontra diversos produtos e tem a opção de personalizar alguns deles. Os itens são separados por categoria e subcategoria e tem para todos os gostos. É ótimo para familiarizar os simpatizantes com alguns dos acessórios usados e quem sabe até romper algumas barreiras do preconceito.

BDSM Wiki

Esse é para as mocinhas que estão com o cursinho Fisk em dia. Brincadeira! Para quem não manja do inglês, o Google Tradutor tá aí pra isso. Conhecem a Wikipedia? Pois bem, é a versão do site voltada exclusivamente para o mundo BDSM. A missão é coletar e compartilhar informações sobre a prática, avaliar riscos e dados técnicos para aqueles que praticam e para aqueles que querem entrar na prática.

Logo na página principal você encontra uma lista dos principais links. Inclusive alguns são para iniciantes, como o BDSM 101. Ele reúne algumas das principais informações sobre esse mundo maravilhoso. É tão didático que até recomenda a ordem que vocês devem ler para ter um melhor entendimento sobre o BDSM. Bacana, né?

Thayanne Porto

Jornalista de coração, alma e diploma, encontrou nas palavras o melhor modo de se expressar. Feminista em eterna construção. Apaixonada por livros, séries, drag queens e sua gata Julietta. Acredita que a revolução pode (e deve!) acontecer de dentro para fora - e por que não dentro de quatro paredes? Quer mandar um e-mail? Escreva para thayanne@quenemmocinha.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *