Corpo

Sobre a Pantys, a calcinha absorvente

Ao longo da vida, a mulher fica menstruada, em média 2.400 dias, que correspondem a seis anos e meio. Todos esses dias de Chico resultam em 150 quilos de absorventes usados que, por ano, custam pelo menos R$ 100. Em 10 anos, serão mais de R$ 1 mil gastos! Fora todo o impacto que isso gera no meio ambiente quando jogamos fora o absorvente e as embalagens de plástico que envolvem o pacotão e os individuais. Muita coisa, né? Para evitar o desperdício de material e de dinheiro, surgiram algumas iniciativas, como o coletor menstrual. Porém, o que deu o que falar foi a Pantys, uma calcinha absorvente. É isso mesmo que você leu: uma calcinha que serve como absorvente.

Mas, gente… Da onde surgiu isso?

Surgiu com a americana Thinx, que foi uma das primeiras a criar uma calcinha que absorvesse a menstruação. A ideia se espalhou e conquistou fãs em todo o mundo, até que chegou aqui no Brasil! Surge, então, a Pantys, primeira marca brasileira no ramo. Ela é fruto da parceria de Emily Ewell e Maria Eduarda. Emily tem mestrado duplo de MBA e saúde público pela UC Berkeley (chique, benhê!) e começou a criar uma calcinha absorvente para o mercado tupiniquim após trabalhar para um investidor de e-commerce em Boston. Já Maria Eduarda é louca por design de moda, sustentabilidade e empoderamento. Ela pegou essas três paixões e fez o design da Pantys com produtos brasileiros, projetados por mulheres brasileiras e para mulheres brasileiras. Isso que é girl power!

Tá, e como funciona?

O forro da Pantus é feito de modal, um tecido de fibras de árvores naturais, que oferece maior absorção do que o algodão. A tecnologia de forro reduz o crescimento bacteriano em 99% e é completamente hipoalergênico. O produto absorve o equivalente a dois absorventes externos em média e tem apenas 1/3 da espessura do absorvente comum, então diga adeus às marcas na roupa.

que nem mocinha - pantys - uso 1

A pergunta óbvia: vaza?

Eu nunca usei (aceito uma de presente, Pantys!), mas conversei com algumas garotas que adoraram. Uma dizia que só vazou uma vez, mas porque ela passou muito do tempo recomendado. E mesmo assim não vazou para fora, ficou só avermelhado por dentro do jeans. Essa mesma mocinha disse que as calcinhas são muito confortáveis e que não parecem fraldas. Assim como o produto promete, a sensação de não estar menstruada é real: não vaza nem cheira.

Serve para todos os fluxos?

Sim, mas você tem que comprar o modelo de acordo com o seu fluxo: tem o para fluxo leve, moderado e intenso.

 

que nem mocinha - pantys - fluxo

Só #FicaDica: Se o seu fluxo for muiiiito intenso, daqueles que parecem uma cena de assassinato em série, é melhor usar a Pantys como “reforço”.

Como cuidar?

Depois de usar entre 5 e 8 horas (depende do seu fluxo!), você deve primeiro levar à mão em água fria. Depois, é só falar como qualquer calcinha normal. Se preferir usar uma máquina, use um saquinho de lavagem e não use cloro e amaciante: eles danificam a camada impermeável. Na hora de secar, coloque na sombra, sem exposição ao sol e nada de secadora. Nem pensem em usar ferro de passar roupa ou aquele velho truque do secador de cabelo, ok?

E onde eu compro?

Se você está ou mora em São Paulo, pode ir na pop up store da Pantys, que fica na Rua Oscar Freire. E não estranhe: o formato é como se fosse um banheiro mesmo.

que nem mocinha - pantys - pop stores

Mocinhas de outros estados só podem comprar online mesmo. Os preços variam de R$ 75 a R$ 95, dependendo do modelo escolhido.

E então, o que acharam? Teriam coragem de usar algo do tipo? Deixem suas opiniões nos comentários!

Thayanne Porto

Jornalista de coração, alma e diploma, encontrou nas palavras o melhor modo de se expressar. Feminista em eterna construção. Apaixonada por livros, séries, drag queens e sua gata Julietta. Acredita que a revolução pode (e deve!) acontecer de dentro para fora - e por que não dentro de quatro paredes? Quer mandar um e-mail? Escreva para thayanne@quenemmocinha.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *