que nem mocinha - brinquedos eróticos - capa
Corpo,  Sexo

Brinquedos eróticos: O que você deve saber antes de comprar um

Você pesquisou preço, leu sobre as vantagens de ter um brinquedo erótico e decidiu: tá na sua hora de ter um. Que sensação libertadora! Vai que é tua, mocinha. Mas antes de entrar em uma sex shop, seja ela física ou online, você precisa de algumas informações básicas. Caso contrário o seu sonho pode se tornar um pesadelo – e ninguém quer isso. Confira nossas dicas do o que você precisa saber antes de comprar brinquedos eróticos e evite que sua experiência seja um grande #fail

De olho no material

Infelizmente, o mercado erótico não tem uma fiscalização certinha. Isso envolve vários fatores, entre eles a nossa cisma de achar que ninguém transa ou que sexo não é pra ser discutido. Como consequência, nem todas as marcas fazem um bom trabalho e mesmo assim têm seus produtos disponibilizados para você levar para a casa. Péssimo, né? O lance é que, para baratear os custos, algumas empresas usam materiais de qualidade duvidosa na hora de fazer os brinquedos eróticos.

Fuja desses

Os brinquedos sexuais feitos de gelatina, látex, PVC e borracha são macios, flexíveis e baratos de comprar. Lindo – só que não. Apesar dessas características positivas, eles têm alguns problemas bem sérios. Os sex toys macios são porosos, o que significa que são mais complicados de limpar. E se algo é difícil de limpar, significa que é um ambiente perfeito para infecções bacterianas e até mesmo infecções sexualmente transmissíveis (ISTs) se você dividir o brinquedo erótico.

Os materiais acima também têm outra enorme desvantagem. Eles contêm ftalatos, que servem para tornar o plástico rígido em algo mais maleável. Só que eles estão associados ao surgimento de câncer de mama, desregulação hormonal e diminuição da fertilidade masculina (redução do número de espermatozoides).

Silicone é o melhor amigo dos brinquedos eróticos

Silicone é o que especialistas entendem como material premium quando se trata de brinquedos sexuais. Isso porque ele é 100% seguro para o corpo: é durável, flexível, hipoalergênico, não é poroso e pode ser apreciado por todo mundo. E por serem mais fáceis de limpar, são mais higiênicos. Ou seja, só amor.

que nem mocinha - brinquedos eróticos - só amor pelo plástico
Você depois de usar um brinquedo erótico feito de silicone.

Outra qualidade do silicone é a sua excelente capacidade de transmitir vibrações. Então se você quiser comprar um vibrador, se joga nos modelos feitos com esse material!

Na hora de compartilhar os sex toys

O ideal é que vocês não compartilhem seus brinquedos eróticos. Mas é claro que se vocês curtirem os mesmos sex toys, não faz muito sentido ter dois iguais em casa. Então é preciso tomar alguns cuidados para garantir que todo ocorra bem tanto com os brinquedos quanto com vocês.

Quando duas ou mais pessoas compartilham sex toys, isso deixa mais fácil a transmissão de bactérias, parasitas e infecções sexualmente transmissíveis. Como evitar isso? Usando camisinha, antes de tudo. Mesmo se vocês estiverem com seus exames em dia e em um relacionamento monogâmico, porque é melhor prevenir do que remediar.

que nem mocinha - brinquedos eróticos - check

Bactérias como E.coli, parasitas e DSTs podem ser facilmente transmitidas de uma pessoa para outra ao compartilhar brinquedos. E tudo bem se você e seu parceiro estiverem limpos e em um relacionamento monogâmico. Ainda recomendamos o uso de preservativos novos ao compartilhar brinquedos, porque é melhor prevenir do que remediar.

E aqui trazemos outro motivo pelo qual é extremamente importante escolher brinquedos eróticos de materiais confiáveis: eles podem ser esterilizados por ebulição. Escolha uma panela só para isso (da mesma forma que você deve ter um recipiente próprio para limpar seu coletor menstrual) e encha de água. Depois é só colocar o sex toy ali até a água estiver fervendo e tcharam! É claro que você precisa ler a embalagem pra saber se o produto é à prova d’água e se tem alguma outra recomendação na hora de limpar, belê?

Deixe sua vergonha de lado e tire todas as suas dúvidas

Tá na sex shop, se interessou por um produto, mas não faz a menor ideia pra que ele serve? Essas dúvidas são muito comuns e devem ser tiradas antes da compra. Sabe por quê? Porque corre o risco de você chegar em casa, testar o produto e ficar frustrada porque esperava X e ele te entregou Y. Esse tipo de situação muitas vezes seria evitada conversando com a vendedora, que foi treinada para responder suas perguntas.

Nós sabemos que esse tipo de interação é a morte para algumas mocinhas, mas pensa comigo. Você prefere fazer essas perguntas ou usar algo errado, podendo até quebrar ou fazer mal pro seu corpo? Pois é, queridas leitoras. E tem outro fator a ser levado em consideração: nós precisamos quebrar os nossos próprios tabus. Pode (e é) complicado, mas aos poucos a gente chega lá.

E aí, mocinhas, o que acharam das nossas dicas? Vocês tem alguma dúvida ou conselho pra dar? Deixem aqui nos comentários que vamos adorar ler! 

Thayanne Porto

Jornalista de coração, alma e diploma, encontrou nas palavras o melhor modo de se expressar. Feminista em eterna construção. Apaixonada por livros, séries, drag queens e sua gata Julietta. Acredita que a revolução pode (e deve!) acontecer de dentro para fora - e por que não dentro de quatro paredes? Quer mandar um e-mail? Escreva para thayanne@quenemmocinha.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *