O poder do pompoarismo

Você já ouviu falar de pompoarismo? É uma técnica oriental bem antiga, que tem como objetivo aumentar a consciência e o controle da mulher sobre os músculos pélvicos e assim melhorar sua qualidade de vida. O fortalecimento da musculatura da região, através de exercícios de contração e relaxamento, pode melhorar a incontinência urinária e fecal, as cólicas menstruais e aumentar o prazer durante o sexo. Ficou interessada em saber mais? Então vem com a gente.

que nem mocinha - pompoarismo - capa

créditos: Juliana Mavalli

Para entender melhor como funciona essa técnica e responder as dúvidas enviadas por vocês, convidamos a Isis Ahava, que é mestre no assunto. Ela dá aulas particulares de artes sensuais, chá de lingerie, escreve um blog de literatura erótica e apresenta o Canal Lascívia no Youtube. Ela ainda tem tempo de dar aulas de pompoarismo, strip-dance, chair dance.. Enfim, o que você precisa saber para explorar toda a sua sensualidade. Quem quiser saber mais sobre os cursos e sobre a Isis, só acessar o site dela.

Voltando ao pompoarismo: os exercícios, como explicamos ali em cima, são feitos para fortalecer os músculos da região pélvica. Uma das maiores vantagens é a questão da saúde: essa técnica trabalha a circulação sanguínea na região, ajuda na incontinência urinária e fecal, nas cólicas menstruais e com problemas de vaginismo.

— Antes da mulher entrar na menopausa, é bom treinar para não ter ressecamento. Quando a mulher estiver grávida também, para fortalecer a musculatura e ajudar na hora do parto — aponta Isis. A profissional reforça que o pompoarismo pode aumentar o chakra sexual, a autoestima, a libido e o tesão.

Quem pratica pompoarismo tem mais prazer durante o sexo e maior capacidade de atingir o orgasmo, porque, ao contrair a musculatura da região, a vagina tem mais atrito com o pênis, o que potencializa o prazer. E, melhor ainda, essa técnica permite que você goze sozinha! Como o orgasmo se caracteriza pela contração dos músculos da pélvis, a mulher que tem maior controle sobre essa região consegue chegar ao clímax com mais facilidade. Tem mulheres que afirmaram ter orgasmos só contraindo e relaxando os músculos vaginais. Tá bom para vocês?

Amei, achei tudo, quero aprender. E agora?

A Isis separou alguns exercícios para vocês que querem aprender, mas não sabem por onde começar. Antes de colocarmos a mão na massa, é importante saber que a vagina é formada internamente por três anéis principais. Para praticar a contração, você tem que saber identificá-los: um fica na base (que é o que a gente mais usa, é o que segura a urina), outro no meio e o último mais para o fim do canal.

Exercício 1:  Você vai sentar numa cadeira, respirar fundo contando até 3, reter a respiração e contrair o início da vagina. O recomendado é fazer isso por 10 minutos todos os dias. A vantagem é que você pode fazer isso em qualquer lugar, parada no trânsito, no trabalho, fazendo a unha..

Alguns sites recomendam o uso das famosas bolinhas ben-wa, mas é preciso ter cuidado. Recomenda-se ter uma orientação para o uso delas, porque é uma técnica mais avançada e algumas mulheres relatam desconforto. Atenção: mulheres que usam diu não podem usar as bolinhas! Se você quiser usá-las, pode comprar aqui, aqui e aqui.

Exercício 2: Vai ficar de pé e introduzir o peso de 20mg até o útero como se fosse um OB. Vai sugar em três séries de dez vezes de modo a não deixar o peso cair.

Para quem nunca viu, isso é uma bola ben wa.

Ok, mas eu quero ir além. Tem aula disso?

Tem sim, e a Isis dá aula disso! Ela é uma excelente professora (eu fiz aula de chair dance com ela, então sei do que estou falando) e super paciente. As aulas de pompoarismo costumam ser dadas com técnicas de dança do ventre, a única que trabalha esses  músculos. A aula costuma durar três horas, e é divida em duas horas de teoria e 1 de prática. Na parte teórica, a Isis explica o conceito e a origem da técnica, fala quais exercícios podem ser feitos com e sem as bolinhas/pesinhos, como usar esses objetos e quais as diferenças entre eles.

Ela dá aula a domicílio no Rio de Janeiro e cobra R$ 250, com apostila com mais informações inclusa. Os exercícios já começam na aula mesmo, como respiração com contração para vocês conhecerem melhor o corpinho de vocês. O pompoarismo também é bom nesse sentido: ele permite que a mulher tenha um autoconhecimento incrível do próprio corpo. A Isis passa dever de casa, como exercícios para glúteo e técnicas de contração.

Hora das dúvidas!

Nós separamos algumas dúvidas que vocês, lindas leitoras, nos enviaram. Algumas foram respondidas no texto, e as outras estão aqui:

Queria saber como funciona realmente a técnica, porque estou trabalhando nela há um tempo e não vejo resultados.. 

Isis: Talvez seja porque você esteja fazendo de forma errada ou não está fazendo regularmente. Pompoarismo é que nem exercício físico: a musculatura só fortalece com a frequência. Tem que fazer pelo menos três vezes por semana, ou dia sim, dia não. Exercícios de glúteo, parte posterior da coxa e abdômen intra também ajudam bastante.

Eu comprei os pesinhos e fiquei treinando por um tempo, mas tive uma crise de cistite horrível! Depois tentei de novo, usando bastante KY, e mais uma vez tive crise de cistite. 

Isis: Se você prende muito a urina, acaba tendo cistite, então fique atenta para ver se você não fez os exercícios prendendo a urina. Existe uma técnica que você deve fazer isso para descobrir qual musculatura está sendo trabalhada, mas, depois disso, você tem que fazer os exercícios sem ter vontade de fazer xixi.

Geralmente vejo aquele básico de fazer os exercícios de contração de dez movimentos em séries de três e etc, mas como ir além?

Isis: Se você fizer a contração com exercícios de respiração, dá muito mais resultado: o músculo ganha mais força quando você usa a respiração. Exercícios de glúteo, parte posterior da coxa e abdômen intra, como eu já mencionei, ajudam no fortalecimento da musculatura da região.

Agora que vocês já sabem mais sobre essa técnica chamada pompoarismo, que tal colocá-la em prática? Depois não se esqueçam de compartilhar os resultados!

One comment

Deixe uma resposta