Por que fiquei 45 dias sem menstruar?

Olá, mores! Essa semana trago uma experiência minha e que serve de alerta: fiquei 45 dias sem menstruar – e não estava grávida! Como assim? Pois é, aconteceu comigo, e tenho certeza que também  já tenha acontecido com algumas de vocês. Bora entender o que aconteceu? 

Minha menstruação estava super regulada em abril. O fluxo era o mesmo (de intenso a mega intenso) e mais uma vez sofri com a TPM: muito inchaço nos seios, dores por todo corpo e muita dor de cabeça. Para quem não sabe, a TPM é causada pela queda abrupta nos níveis de estrogênio e aumento na produção de cortisol e adrenalina (responsáveis de forma física para o estresse).

Quando acabou minha menstruação em abril, passei a consumir muita soja, muita mesmo. Era leite de soja, carne de soja, soja em grão, soja de todos os tipos! Essa leguminosa tem isoflavona, e sua estrutura química lembra muito o estrogênio. Por isso, ela é recomendada para aliviar os sintomas da TPM e da menopausa. Em abril e maio, comecei a me dedicar a minha saúde: passei a fazer acompanhamento com nutricionista e retornei para as atividades físicas. Pois é, mores, aprendi a comer batata doce no café da manhã e curtir.

Tipo isso #sqn

Em 45 dias eliminei 8 kg. Como vocês devem imaginar, foi uma mudança brusca para meu metabolismo – guardem essa palavrinha,  ok? Ela vai aparecer muito nesse texto.

Com rotina ajustada e bem pesada, passei os dias entre reeducação alimentar, trabalhos e treinos. Um dia, me dei conta que não estava menstruando. Não estava com sintomas de gravidez nem nada, mas, óbvio, estava pirando com isso. Faz quase dois anos que não tomo anticoncepcional, meu método contraceptivo era um combo entre tabelinha e preservativo. Por via das dúvidas, diz exames de sangue e urina. Tudo negativo. Daí fui nas minhas ginecologista e na nutricionista, e ambas me deram a mesma resposta:

Ganhar muito peso ou perdê-lo em pouco espaço de tempo pode causar desregulação do ciclo menstrual. As células de gordura do nosso corpo contribuem na produção de estrogênio, hormônio feminino responsável pela maturação dos óvulos. Alterações bruscas na composição de gordura do corpo alteram agudamente os níveis de estrogênio, podendo interferir na ovulação e, consequentemente, na data da menstruação. Quando deixei de perder 2 a 3 kg por semana, e passei ater meu metabolismo mais estável, voltei a menstruar.

14 Motivos para atraso da menstruação sem estar grávida

Depois de pesquisar bastante e conversar com as duas profissionais, selecionei os 14 motivos que facilitam o atraso da menstruação:

1) Estresse: O ciclo menstrual é facilmente influenciado por fatores externos ao sistema reprodutor. Já reparou que sua menstruação atrasa quando você está passando por um momento muito difícil? Pois é. Isso acontece porque o estresse e a ansiedade podem afetar a sua produção hormonal, regulada pelo hipotálamo (parte do cérebro). Em casos de estresse em níveis muito altos, a ovulação pode não acontecer, e você não fica menstruada naquele mês.

2) Insônia e alterações no sono: Alterações bruscas no horário de trabalho, como necessidade constante de trabalhar de madrugada, podem atrapalhar o ciclo do sono e interferir no ciclo ovulatório normal, bem como crises constante de insonia.

que nem mocinha - 45 dias - menstruação

3) Interrupção da pilula anticoncepcional: Com algumas manas pode ocorrer que o ciclo natural demore algum tempo para se normalizar. Há mocinhas não menstruam e ficam meses sem ovular após a interrupção do anticoncepcional. Eventualmente, a menstruação irá retornar. Basta ter paciência que o ciclo ovulatório irá se reorganizar naturalmente, isso costuma rolar entre três e seis meses. Porém, é bom ressaltar que se você ficar mais de três meses sem menstruar, é melhor procurar orientação do seu ginecologista.

4) Obesidade: O excesso de peso acaba por produzir estrogênio além do necessário. O estrogênio é necessário para a ovulação, mas se estiver em excesso acaba inibindo a liberação do óvulo, fazendo com que a mulher tenha períodos anovulatórios. Sem ovular, a mocinha não menstrua.

5) Mudança brusca de peso: Só ler o relato ali em cima!

6) Magreza excessiva (Bulimia e Aneroxia): A falta de tecido gorduroso também é prejudicial ao ciclo ovulatório, pois reduz a capacidade do corpo feminino de produzir estrogênio. Mocinhas que sofrem de anorexia e/ou bulimia ou  que fazem dietas extremas não ovulam todo mês. Nesses casos, além do atraso menstrual, ainda há o risco de menopausa precoce.

7) Atividade física em excesso: As atletas em níveis profissionais também costumam ter alterações menstruais. Não estamos falando daquela mulher fisicamente ativa que vai a academia com frequência, mas sim de triatletas, maratonistas, nadadoras de competição e por aí vai. O gasto calórico elevado e a baixa taxa de gordura corporal parecem ser os responsáveis pelas alterações do ciclo menstrual.

que nem mocinha - por que fiquei 45 sem menstruar

8) Doenças e Medicamentos: Não é preciso ser uma doença grave, como infarto, tuberculose ou hepatite. Viroses comuns e infecções simples, como gripe e cistite, podem ser suficientes para desarranjar o seu ciclo menstrual, atrasando sua menstruação por alguns dias. Alguns medicamentos também podem influenciar no ciclo hormonal, desregulando sua menstruação. Entre os mais comuns estão o corticoides e antidepressivos. A lista é grande, então, na dúvida, converse com sua médica.

9) Problemas com a tireoide: Às vezes a tireoide funciona mal (hipotireoidismo), funciona em excesso (hipertireoidismo) ou combate seu próprio funcionamento (hashimoto). Isso também pode causar alterações no ciclo menstrual. Em geral, problemas da tireoide não controlados podem levar à amenorreia, que é a ausência do fluxo menstrual. Em quadros mais brandos ou naquelas mulheres que já fazem uso de remédios para tireoide, pequenas alterações nos níveis sanguíneos dos hormônios tireoidianos podem desregular o ciclo e provocar atrasos menstruais.

10) Amamentação: Se você acabou de ter um filho e está amamentando, não espere pela sua menstruação no próximo mês. Não é amamentação que causa atraso menstrual, mas sim uma amenorreia transitória por inibição da ovulação, causada pelos hormônios responsáveis pela produção de leite materno. Em geral, a menstruação retorna assim que o processo de desmame se inicia.

11) Síndrome do ovário policístico (SOP): Mocinhas com SOP apresentam frequentemente menstruação irregular, por produzirem androgênios (hormônios masculinos) em excesso. Atrasos menstruais e ausência completa de menstruação em um determinado mês são muito comuns nesses casos.

12) Menopausa precoce: A menopausa costumar chegar entre os 45 a 55 anos, mas vemos casos de mulheres que chegaram essa fase antes dos 45 anos. Ainda existem aquelas que têm menopausa precoce, antes do 40 anos. Um dos sintomas da falência iminente dos ovários é a desregulação do ciclo menstrual e a ausência de ovulação em determinados meses. Se você tem mais de 35 anos e sua menstruação começa a atrasar e a falhar com frequência, procure o seu ginecologista.

13) Primeira menstruação: Se a sua menarca (primeira menstruação) ocorreu há pouco tempo, é normal que o seu ciclo seja irregular nos primeiros anos. Alterações menstruais podem ocorrer até nos dois primeiros anos de menstruação e acontecem porque o sistema reprodutor feminino ainda está em fase de amadurecimento. Portanto, atraso menstrual nesta fase é extremamente comum.

14) Erro de calculo: Às vezes acontece, né. Eu, por exemplo, sou de humanas e detesto fazer conta, haha. Mocinhas com ciclo menstrual irregular podem ter certa dificuldade para calcular o dia que a menstruação deveria vir. Você pode achar que sua menstruação está atrasada, quando, na verdade, ela apenas virá 2 ou 3 dias depois este mês. Mesmo mulheres com ciclo regular podem, eventualmente, ter uma menstruação que venha com poucos dias de atraso, sem motivo algum.

que nem mocinha - 45 sem menstruação - gif 2

O que tem ajudado muitas meninas (inclusive eu), são aplicativos para melhor entendimento sobre os períodos de menstruação e até fertilidade,. Lembrando que é mais um guia do que uma regra; como vimos, existente uma série de fatores que impedem a menstruação e que não significam,  necessariamente, gravidez.

Um beijo grande e não esqueçam de mandar criticas, sugestões, perguntas aqui no final da post ou para erika@quenemmocinha.com

Deixe uma resposta