Um ménage diferente: Eu, você e o vibrador!

“Sabe o que é? Eu queria propor uma coisa na próxima vez que a gente for no motel…” Silêncio, tensão e aqueles segundos que parecem uma eternidade. Foi assim comigo e deve ter sido assim com outras mulheres também. A cara de interrogação do seu peguete/namorad@/afins te deixa mais nervosa. E você começa a pensar se a sua ideia é realmente louca. Será? Nessas horas, mocinhas, “força na peruca”! Segura no carão e segue firme! Sua ideia não é maluca e depois que ela for posta em prática, vocês vão 😉

A proposta? “Eu, você e um vibrador”. E aí, ‘cê topa? E tá tranquilo se o boy ou girl achar estranho ou fizer uma cara meio “como assim?”!

quenemocinha-wtf

Vivemos em uma sociedade machista que faz com que os homens acreditem que todo vibrador é “putaria”. Ou que todos os modelos parecem mesmo com um pênis, só que com 30cm e com quase um punho de grossura. Assim… Tem essa versão no mercado? Tem – mas é só mais uma no mar de opções. Tem boy que acha que você quer brincar de inversão e os mais antiquados acham que você usar um vibrador significa que ele não é bom de cama. Fora o medo dos amigos descobrirem e ficarem de piadinhas, o que faz com que muitos homens tenham medo de propor coisas novas na cama.

Por isso, se você ta com essa ideia dentro de você, entenda também que o boy ou a girl pode ter dúvidas, medos e neuras. A primeira dica é a mais básica: não imponha nada. Brinquedos e cosméticos na cama precisam ser aceitos pelos dois. E para isso é necessário diálogo.

Antes de pensar a três, pense a dois

Se você gosta de cosméticos novos, brinquedos ou brincadeiras sexuais, converse com o seu parceiro ou parceira. Lembre-se que nem sempre a pessoa vai compartilhar das suas vontades e desejo. Tem gente que não gosta e, principalmente, quem não entende sobre o assunto e pode ficar com a impressão errada. Por isso, vá aos poucos, com produtos que podem ser facilmente usados por “principiantes”. Se você está meio perdida, dá só uma olhadinha na lista que montamos para ajudar nessa hora.

Se o seu companheiro ou companheira pareceu aberto a ideia de um vibrador na cama, ótimo! Vamos para as dicas para curtir esse novo momento a três.

quenemmocinha-sexo

Comece pelos pequenos

Pode parecer óbvio, mas muitos homens estranham ter na cama algo fálico além do próprio pênis. Pensa assim: você gostaria que seu primeiro contato fosse com uma boneca inflável ou aqueles masturbadores que imitam vaginas? Então vamos começar com os básicos, pequenos e delicados. Vibradores coloridos podem ser mais fáceis do que os de cor bege, com veias e texturas.

anel vibratório é um círculo de silicone com um mini vibrador na ponta. Assim, você não terá nada entre você e o boy além de um mini motor para estimular o clitóris. Os anéis são muito baratos, não passam de R$ 30, e são ótimos para as mocinhas que não estão acostumada com vibradores, pois a vibração é pouca mas bem localizada. Se quiser saber mais, é só ler a resenha que fizemos do Anel Vibratório da Prudence.

Outro bom modelo é o bullet. Versátil, tem controle remoto, o que permite que seu mozão controle a velocidade e “brincar” até você atingir o orgasmo. A “cápsula” é para o clitóris, mas uma dica excelente é usá-la para “massagear” outras zonas erógenas do corpo, suas e da outra pessoa. Os preços também são bem em conta: existem modelos de R$ 10 até os mais “ostentação”.

E que tal se divertir com a capa peniana? Uma mistura de anel vibratório com textura.  Um pouquinho mais cara, entre 60 e 100 reais, esse produto é simples e muito fácil de usar. E isso é ótimo! Na hora do sexo quanto mais intuitivo, sentido e vivido melhor. 😉

quenemmocinha-vibrador

 

Como usar com o outro

Se você tem uma parceira mulher, a dica é: faça nela o que você gostaria de fazer em você. Se vocês não gostam de penetração, se joguem no bullet ou no Satisfyer. Agora, se vocês curtem penetração, que tal um vibrador duplo, um vibrador personal (modelos mais básicos que servem para clitóris e penetração) ou um de ponto G?

Se o seu parceiro é homem, o bullet pode ser usado no clitóris durante a penetração e em diversas posições diferentes. Por ser pequeno e intenso, seu namorado/afins também pode sentir a vibração, aumentando o prazer para os dois. O anel vibratório é perfeito para casal homem e mulher pois se adéqua ao pênis e ainda ajuda a retardar a ejaculação. Já a capa peniana é bem intuitiva né? Assim como a camisinha ela é vestida ao redor do pênis de maneira que o motor fique para cima e bem encaixado no clitóris.

Você é peça importante no jogo

Antes de usar o vibrador com outra pessoa, use sozinha. Achou essa proposta estranha? Então aproveite o fim de ano para rever seus conceitos. Conhecer o seu corpo, entender onde e como você tem prazer vai te ajudar e muito a ter segurança de usar um vibrador na cama com outra pessoa. Saber qual o tipo de vibração mais te agrada é muito importante. Atualmente, os vibradores estão cada vez mais tecnológicos e versáteis: alguns tem diversos níveis de vibração, outros funcionam por frequência sonora

quenemmocinha-orgasmo

O seu parceiro pode fazer o mesmo, testar um pouco em casa sozinho (a) para se sentir mais confortável na hora desse “ménage”. Para os homens, que tal testar o Egg, um masturbador masculino muito bacana que pode ser usado depois pela sua parceira na cama também. Ele é simples, aprovado por muitos homens e prático. Deixe ele ir se familiarizando com algo a mais além de vocês dois.

Agora, se você nunca usou um vibrador… Que tal voltar um pouco e ler um texto sobre as maravilhas do vibrador?

Deixe uma resposta