Cinco modelos de vibrador para você conhecer

Vocês já sabem: aqui, no Que Nem Mocinha, consideramos os vibradores nossos melhores amigos. Se você quer comprar um, mas ficou confusa com a quantidade de modelos diferentes, pode respirar aliviada. Conversei com a Natali, da sexshop Dona Coelha, sobre os cinco tipos mais conhecidos para vocês saberem mais e escolher qual é o ideal para te fazer companhia debaixo dos lençóis.

Ps: Esse post vem com imagens ilustrando os vibradores em questão. Então, nada de abrir em lugares públicos, viu? 

Anel

que-nem-mocinha-cinco-modelos-de-vibrador-anel

Como o próprio nome já entrega, é um acessório em forma de anel, que é colocado no pênis. Esse tipo de vibrador é indicado para quem quer inovar na relação, mas não sabe por onde começar. A maioria funciona assim: o anel exerce uma pequena pressão sobre o pênis (ou pênis + testículo, dependendo do modelo), que limita a passagem do sangue. Isso faz com que o pênis fique mais firme e ereto por mais tempo, além de retardar a ejaculação.  Acoplado ao anel, tem um pequeno vibrador que, durante a penetração, encosta no clitóris. Bacana, não é? Se vocês preferirem, alguns anéis que vem só com a função vibratória, sem que haja a pressão sanguínea.

Se você quiser usar sozinha, pode colocar no dedo. A maioria é ajustável, então é só regular.

Confira o catálogo de anéis vibratórios da Dona Coelha aqui!

Bullet

que-nem-mocinha-cinco-modelos-de-vibrador-bullet

Não são usados para a penetração — mas tem várias outras utilidades! Podem ser usados quando a mulher estiver sozinha, na boa e velha masturbação, ou acompanhada pelo parceiro ou parceira. Existem, óbvio, diversos modelos com diferentes tamanhos, cores e vibrações, mas o mais legais são os sem fio: “Você pode usar de forma mais ousada, em um cinema ou restaurante, por exemplo. O parceiro ou parceira fica com o controle e a outra pessoa precisa se manter firme, sem deixar transparecer o que está acontecendo”, diz Natali. É só deixar a imaginação fluir! Nós já testamos esse modelo, dá uma olhadinha na nossa resenha aqui.

Confira o catálogo de bullets da Dona Coelha aqui!

Butterfly

que-nem-mocinha-cinco-modelos-de-vibrador-butterfly

Bonitinho o nome, não é? A “borboleta” é uma espécie de calcinha vibratória que possui vários tipos de estimulação para ajudar a mulher a atingir o orgasmo. Esse tipo de vibrador é totalmente ajustável a qualquer tipo de corpo e alguns modelos vem com um “pênis”. É super discreto e tem uma vantagem muito parecida com a do bullet: você pode usar debaixo da roupa, enquanto faz outra atividade.

Confira o catálogo de vibradores “butterfly” da Dona Coelha aqui!

Rabbit

que-nem-mocinha-cinco-modelos-de-vibrador-rabbit

Na opinião da Natali, esse é o mais legal de todos: “Além de trabalhar na vibração durante a penetração, ele ainda tem as famosas orelhinhas (por isso o nome) que estimula o clitóris”. Ou seja, super combo do prazer! A penetração e a estimulação externa podem ser combinadas de muitas formas, tudo depende do modelo escolhido. As intensidades são muito fortes e algumas vibrações oferecem movimentos de vai e vem ou rotativos. O tipo de vibrador que super vale a pena o investimento para entender cada pedacinho do corpo. Ganhou um espaço no coração e na cama de muitas mulheres depois que apareceu no seriado Sex In The City. Não lembra? Então aperta o play!

Confira o catálogo de rabbits da Dona Coelha aqui! 

Tradicional

que-nem-mocinha-cinco-modelos-de-vibrador-tradicional

Por último, mas não menos importante, o modelo tradicional! Também conhecido como “personais”, são mais simples: não possuem cerdas, movimentos diferenciados ou outro adicional. É o vibrador ideal para quem tá começando nesse mundo ou para quem quer praticar o pompoarismo. As únicas características que diferenciam esse tipo de vibrador é a ponta (podendo ser mais arredondada ou mais “afiada”) e as velocidades de vibração. Natali indica, para aquelas que querem dar um “upgrade” no brinquedinho, as capas penianas, que tem diferentes texturas para potencializar o prazer.

Confira o catálogo de vibradores tradicionais da Dona Coelha aqui!

E aí, o que vocês acharam? Qual vocês preferem?

Deixe uma resposta