Aplicativos para monitorar o ciclo menstrual

Uma das coisas que eu mais sinto falta de quando eu tomava anticoncepcional era saber quando a minha menstruação iria vir – e me programar de acordo. Desde que eu parei com a pílula, comecei a procurar formas de monitorar meu ciclo menstrual, não só para saber a época certa para andar com um absorvente na bolsa, mas também para ficar atenta caso passe muito da data que deveria descer. No grupo que eu participo do Facebook com outras meninas que não tomam contraceptivos hormonais, vi que muitas usavam aplicativos! Pesquisei um pouco mais e separei alguns para vocês darem uma olhada e, quem sabe, uma chance.

Natural Cycles

que nem mocinha - apps para ciclo menstrual 4

Dizem que é o aplicativo. O Natural Cycles se autodenomina “a proteção com maior liberdade sexual – menos os efeitos colaterais”. Ele foi provado por um casal de físicos, Dr. Elina Berglund e Dr. Raoul Scherwitzl, que originalmente desenvolveram o algoritmo para uso próprio e, depois, transformaram ele em um aplicativo para todos.

Tá, e o que esse algoritmo faz? Através de um termômetro, ele analisa a temperatura do corpo de mulher para lhe dizer exatamente a altura do seu ciclo em que está e quando precisa de usar proteção para evitar uma gravidez. Essa leitura deve ser feita logo de manhã, antes de sair da cama. As informações devem ser colocadas no aplicativo, e ele diz se é um dia “verde” (quando você pode ter relações sexuais sem proteção) ou “vermelho” (quando você está fértil e tem que ficar atenta).

O termômetro não é daqueles que são encontrados na farmácia. É um termômetro basal, que oferece informações além da temperatura; ele considerando a sobrevivência do esperma, as flutuações de temperatura e as irregularidades do ciclo. De acordo com o site, eles calculam as previsões precisas para os próximos ciclos. E eles costumam acertar tanto que o Ministério da Alemanha aprovou esse aplicativo.

O aplicativo está disponível gratuitamente para Android e para iOS, mas para  pago em dólar. O plano mais em conta é o anual, que eles cobram 4,20 dólares todo mês, com o termômetro incluído (você compra pelo aplicativo e eles enviaram para sua casa).  Se vocês quiserem, podem experimentar o Natural Cycles gratuitamente por um mês, mas sem o termômetro.

OvuView

que nem mocinha - apps para ciclo menstrual 3

Outro aplicativo que pode ser uma mão na roda na hora de se entender com seu ciclo menstrual, o OvuView é super fácil de usar. Ele tem vários recursos, inclusive uma fase interativa de demonstração, para que a usuária consiga aprender a utilizá-los. Está disponível em português (eba!), e você pode escolher como usá-lo: apenas um calendário menstrual, para evitar a gravidez ou se quiser engravidar. Mas prestem atenção: Para usar nesses últimos dois “modos”, é preciso comprar o pacote Premium, que custa 5 dólares. Quem quiser usar só como um calendário, é de graça.

Depois que você escolhe seu objetivo, você coloca dados sobre a duração mínima e máxima do seu ciclo nos últimos seis meses. Essas informações são exibidas em uma roda, que representa os dias, e é adaptada de acordo com o objetivo escolhido pela usuária. Bacana, não é? O aplicativo, disponível para Android e iOS, também permite que você personalize cores e altere humor, sintomas e ainda coloque lembretes para exames médicos e para quem toma pílula. Ele também dá dicas bem legais sobre saúde e bem estar.

Sai Cólica

que nem mocinha - apps para ciclo menstrual 2

Também disponível para Android e iOS, esse aplicativo foi desenvolvido pelo Buscofem. Seu diferencial é que, além do calendário para acompanhar todos os momentos do seu ciclo menstrual, ele vem com alguns jogos para aliviar as tensões quando a cólica vier matadora.

A parte informativa, que é o nosso foco aqui, também é bem interessante. Você preenche um pequeno cadastro, assim como nos outros aplicativos, no qual deve informar mais detalhes sobre o seu ciclo e a data em que começou sua última menstruação. A partir daí, o aplicativo monta um calendário com seus próximos períodos férteis e dias prováveis de menstruação. Ainda há a opção de receber alertas sobre seu período fértil, previsão da próxima menstruação e até mesmo da TPM.

Por ser um aplicativo desenvolvido por um marca, pode-se pensar que a propaganda é invasiva, mas não é. No menu, você pode ter mais detalhes do remédio, a bula e um link para a página do Buscofem. Fora isso, você nem percebe que é de alguma marca.

Edit: Maia 

(Uma leitora nos avisou que o aplicativo “LoveCycles” mudou o nome e agora é Maia. Obrigada!)

que nem mocinha - apps para ciclo menstrual 1

O Maia se autodenomina o “mais inteligente rastreador menstrual que existe”. Disponível para vários dispositivos, ele é 0800 (!) e super fácil de usar. Assim que você instala, tem que criar uma conta com e-mail e senha. Essa é uma grande vantagem porque, caso você desinstale o aplicativo ou troque de aparelho, consegue continuar com o calendário. O Maia também é super tranquilo de usar, com um layout de fácil entendimento. Outro ponto positivo é que, nesse aplicativo, você marca uma hora no dia para o envio das notificações. Ou seja, você decide a hora que quer ser notificada, sem aquele incômodo de ter o celular apitando quando você não pode. Falando em lembretes.. Você também pode configurar a hora que quer que o aplicativo te lembre de tomar o anticoncepcional. Ele apita todos os dias, todos mesmo!, para você não ter desculpa e dizer que esqueceu.

O Maia é diferenciado por cores e você também pode colocar “notas”. Essas notas funcionam como um diário: você marca seu peso, se tomou o remédio, fala do seu humor e tudo o mais. Também dá para cadastrar seus sentimentos, se está com algum sintoma e por aí vai. Quem já entende os sinais do corpo, consegue perceber, por essas notas, em qual fase do ciclo menstrual se encontra.

E aí, meninas! Vocês usam algum desses aplicativos? Se sim, contem para a gente! Se vocês usam outro, contem também – vamos adorar saber mais.

Deixe uma resposta