[+18] O que fazer no Dia do Sexo

Hoje é Dia do Sexo! Na semana passada, eu dei a dica de alguns produtos para você usar nessa data especial e hoje trago dicas para você aproveitar essa data. É claro que a lista pode (e deve!) ser utilizada quando vocês quiserem – afinal de contas, todo dia pode ser dia do sexo. Mas hoje, além de ser dia, também é véspera de feriado. Isso significa que vocês podem estender o Dia do Sexo para amanhã, se quiserem – e tiverem fôlego, é claro.

Para ilustrar, trouxe alguns gifs para já deixar vocês no clima. Isso significa que esse post não é para ser lido em ambientes públicos ou no trabalho. 

Lembrando que, antes de tentar qualquer um dos itens abaixo, você deve conversar com o seu parceiro. Dentro e fora da cama, o consentimento dos dois é muito importante para a relação. Com isso em mente, vamos lá:

Sexo anal

Que tal usar a data para colocar em prática uma das fantasias sexuais mais comuns? Você não tem que ir até o fim, mas pode começar com a ajuda de plugs anais e, claro, com muito lubrificante. Você pode ir além do lugar-comum e investir em cremes analgésicos que tem sabor.

Strip-tease

O que eu mais gosto do strip-tease é que você não precisa de muito para fazê-lo, e só colocar uma musiquinha e balançar esse corpo maravilhoso que você tem. Se você quiser dicas para fazer, dá uma olhada no post que nós fizemos sobre o assunto, tem até dica de especialista. E outra coisa: por que não pedir para o seu parceiro fazer um para você? Homens também arrasam na dança sensual – os meninos do Magic Mike não me deixam mentir.

Amém.

BDSM

O sadomasoquismo vai muito além de 50 Tons de Cinza, como eu já expliquei aqui. Então aproveita para liberar um lado mais selvagem do casal. Use e abuse de acessórios como chicote, algemas e até mesmo kits. Se vocês preferirem, podem ir em uma casa de sadomasoquismo antes, para saber como as coisas funcionam antes de colocá-las em prática.

Ver pornô feminista

É uma grande polêmica, principalmente no meio feminista – algumas afirmam que pornografia feminista não existe e outras a defendem. Se você quiser se aventurar, experimente os vídeos da Erika Lust, considerada o maior nome da indústria. Um dos mais famosos é o 5 Hot Stories For Her, que chegou a ganhar o “Filme do Ano” no Feminist Porn Award em 2007. Confira o trailer:

Ir em uma casa de swing

Outro tabu. As casas de swing, tão proibidas para uns, são verdadeiros parques de diversão para outros. O principal atrativo de um lugar como esse é que a liberdade e a desinibição costumam vir à tona, o que excita muitos casais. Porém, antes de saber qual a casa mais próxima da sua, sente com seu parceiro ou parceira para saber se a curiosidade é compartilhada. Casa de swing não é lugar para ciúmes ou para discutir a relação. Os dois têm que estar afim de ir e de curtir a vibe do local.

Sexting

É a troca de mensagens eróticas e até mesmo pornográficas. É uma ótima pedida para já deixar claro para a pessoa o que a espera mais tarde. Se você não sabe nem poder onde começar, dá uma olhada nas nossas dicas.

Roleplay

O termo, em inglês, se refere ao uso de histórias durante o sexo. Isso inclui fantasias com situações específicas, como brincar de professor e aluna, médico e paciente, e até mesmo de personagens de filmes ou livros. Alguns casais compram fantasias relacionadas ao tema da história para o roleplay parecer o mais real possível.

Jogos eróticos

Um dos itens da lista que eu mais gosto! É ótimo para casais se desprenderem e quebrar o gelo. Os jogos eróticos também ajudam muito na hora de apimentar a relação. Os clássicos são o strip poker e os de tabuleiro, mas vocês podem inventar um só dos dois. O jogo das perguntas é um dos mais usados, por ser bem simples e fácil. Façam perguntas um para o outro e, quem errar, tem que pagar uma prenda que o outro escolher. A diversão está em fazer perguntas sexuais e as “consequências” podem variar desde tirar uma peça de roupa até usar algemas na hora H.

Voyeur

Voyeurismo é o prazer que alguns sentem em apenas observar o outro nu ou o ato sexual, sem participar. A pessoa que está sendo observada nem sempre sabe disso, o que é crime – consentimento é SEMPRE importante e está acima de TODAS AS FANTASIAS SEXUAIS. Na vida a dois, o voyeurismo pode ser praticado de algumas maneiras. Existem casas para isso e, se vocês não quiserem se deslocar até lá, podem brincar em casa mesmo. Peça para ele se masturbar para você ou a surpreenda: assim que ela abrir a porta, comece a se tocar e diga que ela está proibida de te tocar até você terminar.

Sexo a três

Uma das fantasias mais comuns, principalmente entre os casais. Pode ser feito com todas as combinações possíveis: três homens, três mulheres, duas mulheres com um homem, dois homens e uma mulher.. Nesse tipo de relação, é preciso ter cuidado com algumas coisas. Primeiro, o óbvio, mas sempre bom reforçar, que todo mundo esteja 100% confortável. Depois, com quem vocês vão chamar. Muitos casais recorrem a um amigo ou amiga, mas vocês têm que ter muito cuidado com a abordagem para não assustar a pessoa nem ofendê-la. Por fim, o ménage à trois (como a brincadeira também é chamada), assim como a casa de swing, não é lugar para ciúmes.

Beijo grego

Estou aqui para causar, então vou aproveitar essa lista para sugerir um tema pra lá de polêmico (não, não estou falando de mamilos). O beijo grego, nome popular do anilíngua, é o ato de lamber e beijar o ânus do parceiro ou parceira. A prática ganhou destaque depois de aparecer em uma cena da série Girls, transmitida pela HBO, e pode ser excitante tanto para as mulheres quanto para os homens. Porém, como a “outra entrada” é uma conversa muito delicada entre a maioria dos casais, fale com seu parceiro ou parceira antes de qualquer movimentação mais ousada.

A “polêmica” cena de Girls, onde o parceiro da atriz Allison Williams dá um beijo grego nela.

Ver pornô em casal

Estima-se que 30% do tráfego mundial de dados da internet é gerado pela internet. Mesmo assim, as pessoas, principalmente quando estão em algum tipo de relacionamento, fecham os olhos para essa realidade e, quando consomem vídeos ou materiais pornográficos, o fazem em segredo. Por que não usar o dia de hoje para compartilhar com o parceiro ou parceira seus gostos e, quem sabe, assistir um filme juntos? Especialistas em educação sexual acreditam que os filmes eróticos/pornográficos podem ajudar a transformar a relação do casal para melhor.

Vibrador

Eu já falei aqui sobre as vantagens de ter um vibrador, principalmente para as mulheres descobrirem o prazer e explorarem o próprio corpo. Vocês podem acrescentar esse brinquedinho na vida a dois e, por experiência própria, acredito que vocês não vão se arrepender. Entregue o vibrador na mão dele ou dela e peça para que ele/ela explore seu corpo. Além de ser um ótimo jeito de inovar nas preliminares, permite que o parceiro/parceira conheça mais seu corpo. Ou seja, todo mundo sai ganhando. Outro modo de se incluir o vibrador na hora do sexo é pedir para o seu parceiro usar no seu clitóris durante a penetração.

Sexo no carro

Isso requer um pouco de sorte e muita coragem. Sabe aquela viagem que vocês programaram que tem muitas horas na estrada? Por que não animar um pouco com alguns joguinhos sexuais? Mas, óbvio, sempre mantendo atenção na estrada. A segurança de vocês é mais importante que o tesão, ouviu bem? Se vocês estiverem no trânsito e o insulfilm do carro é ótimo, que tal masturbá-lo? Ou aproveitar que ela está de saia ou vestido para deixar a ida para casa mais divertida? E sempre tem a opção de, em uma rua escura no meio da madrugada, o capô do carro servir como cama – mas atenção redobrada se vocês tentarem, ok?

69

Vocês acharam mesmo que eu ia deixar esse item de fora? Claro que não! O 69 permite que os parceiros façam sexo oral um no outro simultaneamente. Não é uma posição tão fácil assim, então não fique frustrado se não “encaixar” de primeira.

Quantas opções, não é mesmo? Espero que o Dia do Sexo de vocês seja muito animado, seja lá o que vocês decidirem fazer. Só queria deixar um lembrete esperto aqui: usem camisinha sempre, ok? Não só pelo risco de gravidez, mas também pelas DSTs. E sim, estou falando na hora do sexo oral também.

2 comments

  1. Dona Coelha says:

    As dicas são muito legais parabéns amei o post <3
    Acho que a coisa mais importante para ter na cabeça é que todas as coisas podem ser legais, mas nada é obrigatório.
    As vezes vemos um monte de coisas e ficamos com vontade de experimentar, mas na real tem coisas que combinam ou não com cada um.
    Se deu vontade ou uma curiosidade, experimenta! Caso contrário deixa para lá, pode não ser a sua.

    Espero ter contribuído com o post, parabéns pelo blog, gostamos muito!!

Deixe uma resposta